Projeto de Reforma e Modernização do Terminal


Maquete eletrônica (Engevix S/A)

17.11.2010 - CNF ao vivo.

A Infraero divulgou no último dia 8 o edital de licitação para a execução das obras de reforma, modernização e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins. O projeto executivo, que levou cerca de 1 ano para ser elaborado, prevê profundas modificações em todas as áreas do terminal com o objetivo de adequá-lo a parâmetros mais modernos.

A empresa responsável pelo projeto, Engevix S/A, produziu uma apresentação apontando as principais mudanças (clique aqui para acessar). O CNF ao vivo analisou o edital e traz os comentários sobre essa intervenção, que será a maior já feita no aeroporto desde a sua inauguração.



O novo Terminal 1

Segundo algumas plantas disponibilizadas no edital, o atual terraço panorâmico passará a abrigar toda a parte administrativa da Infraero, restando apenas uma pequena parte destinada a observação das aeronaves, onde estará também a nova praça de alimentação.

No piso mezanino o espaço ocupado hoje por lojas e pelo corredor de circulação será incorporado às salas de embarque, gerando um espaço adicional que deve ampliar sensivelmente a capacidade. A parte administrativa, que hoje ocupa grande área, dará lugar aos pontos comerciais.

No térreo estarão provavelmente as modificações mais profundas do projeto. Os balcões de check-in serão construídos no modelo ilha (utilizado no terminal 2 do Galeão, no Rio de Janeiro), com dois conjuntos de 32 posições cada, um na ala internacional e outro na ala doméstica, totalizando 64 balcões (atualmente são 42). A bagagem será conduzida até área de manejo através de esteiras subterrâneas.


Plantas Terraço (esq.) e Mezanino (clique para ampliar). Por Engevix S/A.


As ilhas que hoje são ocupadas pelos banheiros, pelas locadoras de veículos e lojas das companhias aéreas serão demolidas e os pontos comerciais espalhados pelo saguão. O acesso será feito através de portas automáticas em diversos pontos e não mais pelo modelo de saguão aberto como é hoje. A parte aberta, por cima da via de veículos, será fechada com cobertura mesclando estrutura metálica com vidros, completando a cobertura total do terminal em apenas um módulo.

As vias de acesso ao terminal estarão localizadas na parte de fora, onde hoje é área do estacionamento. Serão vias separadas, uma conduzindo ao saguão e outra as entradas do estacionamento, permitindo uma melhor organização do fluxo. O atual centro comercial continuará existindo, mesclando lojas com unidades dos órgãos públicos, pontos de apoio e uma considerável área destinada aos chamados BVRI (Balcões de vendas, reservas e informações).

As áreas de desembarque doméstico e internacional também deverão ganhar uma sensível ampliação, avançando para dentro do saguão. O número de esteiras de restituição de bagagens permanecerá o mesmo, embora esteja prevista a troca desses equipamentos.


Planta Térreo (esq.) e corte lateral do terminal (Clique para ampliar). Por Engevix S/A.


As pontes de embarque também serão substituídas. O projeto prevê a troca dos nove fingers utilizados hoje, por outros mais modernos, com laterais de vidro e de mobilidade plena (hoje somente as posições 8 e 9 contam com pontes totalmente móveis).

A ligação entre os pisos do terminal será feita através de 10 escadas rolantes, 13 elevadores, sendo 6 deles panorâmicos, além das escadas convencionais. O terminal será totalmente renovado, com previsão de troca dos mais diversos itens.

Segundo a Infraero, a previsão é que após as obras a área do terminal passe de 60.305m² para 67.675 m², elevando a capacidade de 5 para 8,5 milhões de passageiros/ano, movimento que deve ser registrado até 2014. O prazo estimado para a conclusão das obras é outubro de 2013.


Ponte do tipo "Apron Drive" semelhante ao que será utilizado em Confins.


Novo pátio e ampliação da pista

Incluída num outro edital anterior ao do terminal, a parte operacional do Aeroporto Internacional Tancredo Neves também ganhará ampliações. Será construído um novo pátio, com capacidade para cerca de 20 aeronaves. A pista de pouso e decolagem será ampliada de 3000x45m para 3.600x45. Novas pistas de taxi serão construídas para permitir que as aeronaves livrem a pista mais rapidamente após o pouso. As que já existem serão alargadas ou redesenhadas para comportar melhor o fluxo.

Ao todo a área de pátios vai saltar de 86.000 m² para 300.600 m². Essas ampliações estão na fase de liberação ambiental. Assim como as obras do terminal, as intervenções na área operacional deverão estar prontas no final de 2013. A previsão de investimento nas obras do terminal, pátios e pista é da ordem de 408 milhões de reais.


Planta do sítio aeroportuário após as ampliações.


Acesse o edital da obra de reforma e modernização do terminal no site da Infraero, clique aqui.



© CNF ao vivo. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial.

Voltar ao início

25 comentários:

Anônimo disse...

Muito Legal a matéria Parabéns.
Agora sim eu entendi o que realmente vai ser feito no AITN.
Eu achei uma pena que maior parte do terraço seja oucupada pela administração, poruq o terraço é o melhor spotting point de CNF e ainda CNF é um dos poucos Aeroportos Internacionais do Mundo que possuem algo parecido(grandes Aeroportos como LHR,JFK e CDG não possuem).
Só não condegui entender como a Infraero vai conseguir ampliar tanto a capacidade de passageiros/ano apenas fazendo pequenas ampliações nas salas de desembarque/embarque domésticas e internacionais

Gate9 disse...

Ué... não haverá mais pontes para embarque/desembarque?

Tupolev disse...

sem terminal 2? lamentável

Anônimo disse...

A infraero é administradora do aeroporto, não é a dona. Instalar a administração do aeroporto no terraço panoramico é um absurdo. Existe um espaço gigantesco no subsolo do aeroporto. O terraço panoramico é nosso , do contribuinte, do usuario, façam dele uma área de lazer com lojas e praça de alimentação.

Paulo disse...

O ponto negativo é esse da administração no terraço. O mesmo deveria ser totalmente aproveitado para o público: certo que haverá outros restaurantes e lanchonetes nos outros pisos, mas essa praça de alimentação ficou muito pequena.

Outros detalhes ficaram bons: manter o terminal aberto (sem necessidade de ar condicionado no saguão), aparentemente vão manter a rampa circular e escadas originais, novas pontes de embarque, via diferenciada para estacionamento.

Deveriam fazer um cronograma já priorizando a construção do TPS2 assim que concluirem a ampliação do terminal 1...

Anônimo disse...

Como assim? Vão roubar nosso terraço!E eu que pensava que não tinha coisa pior que a TAM... Será que nao tem como nós fazermos uma greve pra mudar essa área administrativa? E não gostei muito da reforma, vamos perder nosso elefante branco!!! Xô estilo americanizado de aeroportos! Quero nosso aeroporto amplo e tropical...

Anônimo disse...

Parabéns ao CNF ao Vivo pela informação passada de forma direta e completa.
Fica-se a impressão que a Infraero está adotando a mentalidade de Shopping Aeroporto ao inves de priorizar a função inicial que seria um conforto maior para os passageiros. Sem a construção do 2º Terminal fica muito dificil de se conseguir isso .
Temo que haja algum projeto secreto de abertura da Pampulha lá pelos anos de 2013/2014.

Rafael disse...

Essa Infraero é mixuruca mesmo, né?! Muito sem noção. Primeiro pq formulou um projetinho sem graça como esse para uma aeroporto com "crecimento chinês". Segundo pq ela segue com esse conceito R-I-D-Í-C-U-L-O de aeroshopping. Ninguem merece!!!!
Meu, aeroporto é aeroporto, shopping é shopping. E de shopping Belo Horizonte tá cheia!

Tudo bem que todo aeroporto tem que ter espaço de lazer tem que ter facilidades, comodidade etc, mas daí transformá-lo num shopping é o fim da picada!

PHC disse...

Lamentável e equivocada obra; não conseguem enxergar o futuro...Em vez de fazer um novo TPS com uma estrutura mais organizada, vão gastar MILHÕES prum projeto que vai trazer inconveniencia durante 3 anos, além de gerar atrasos e desconforto pois apenas 1/4 das aeronaves serão servidas por fingers, com o grosso do movimento sendo embarcado em posições remotas!Além de tirarem nosso charmoso terraço, um dos melhores que temos no mundo, por uma estrutura fechada, apertada e acanhada.Por que não colocam os escritórios dos burocratas do lado oposto ao terraço em favor dos usuários? A pista realmente melhorava de ampliação e criação de saidas rápidas, mas reformar um terminal já pronto em vez de construir outro?Sinceramente, de cepcionante!!!Essa copa de 2014 ealmente vai ser o fiasco em infraestrutura! Em cima da hora vai sobrar pro Aeroporto da Pampulha, esperem só...

leozepelin disse...

Não dá prá engolir: 1)o nº de esteiras continuará o mesmo. 2)guichês de check'in serão apenas 64. 3) a pista será aumentada, mas, cadê a 2ª pista? 4) o terraço ser utilizado pela administração e não pelos usuários?!

Anônimo disse...

Consideremos que é uma expansão bem feita e que dara conforto para os 8 milhoes e meio. Isso com previsão para conclusão em final de 2013.

Qual será a movimentação em 2013 ? No ritmo atual será de 12 milhoes. Agora joguem aí os piores cenários possíveis, mesmo assim, o aeroporto vai estar proximo dos 10 milhoes. Vai terminar a obra e terá um aeroporto saturado. A unica dúvida é quanto ele vai estar saturado. Em 1 2 ou 3 milhoes ?

Anônimo disse...

EU ACHO QUE SEM A PISTA 2 , O CORRETO SERIA ABRIR E NAO TRANSFERIR ALGUNS VOOS PARA O NOSSO QUERIDO AEROPROTO DA PAMPULHA QUE SERVIU A CAPITAL POR MAIS DE MEIO SÉCULO E SEM NENHUMA OCORRENCIA GRAVE, POIS ABRIR MAO DE UM AEROPORTO CENTRAL É UMA LOUCURA DESLAVADA. COMO OS PASSAGEIROS QUE VEM DO RIO, SAO PAULO, VITORIA, SALVADOR, CURITIBA VAO CHEGAR DE VIAGEM E ENFRENTAR OUTRA VIAGEM ATÉ O CENTRO DE BH. É MAIS TEMPO DENTRO DO TAXI DO QUE NA AERONAVE ?? ACORDA ANAC, ACORDA INFRAERO..........GRANDES CAPITAIS TEM SIM UM AEROPORTO CENTRAL COM VOOS MAIS DISTRIBUIDOS..ESPERAMOS UMA RESPOSTA DEFINITIVA.....

Anônimo disse...

Deveria ampliar o aeroporto, só essa maquiagem não vai dar certo. precisamos do terminal 2, quem sabe, sonhando muito, da segunda pista. Mais os administradores acham mais bunitinho isso, e esquecem do funcional para o futuro. Desse jeito fica difícil ver o crescimento na demanda.

Anônimo disse...

HELLOO eles vão ampliar sim...parem de choramingar e resmungar.Quem sabe sabe que o dinheiro do Terminal 2 ainda vai chegar.E essa maquiagem nada mais é que uma REFORMA, o povo não entende é REFORMA.Deixa eu repetir para alguns analfabetos "REFORMA".Não é uma construção monumental muito menos um novo terminal chique.

Anônimo disse...

Pois deveria ser mais um terminal. Só 9 finger's, parece as mãos do Lula. Tem que ter conforto para o povo, esta vindo um grande evento. O pior analfabeto é aquele que não quer ler. Aparece ainda uns matutos achando que a super lotação das salas de embarque é culpa das empresas aéreas. Vamos lá, transformar CNF num shopping super lotado.

Anônimo disse...

MEU DEUS QUE TERROR!! DE QUE VAI ADANTAR UM AEROPORTO QUE CHEGUE ATÉ A POUSAR UM A380, SE NOIS NÃO VAMOS TER TERRAÇO PARA VE-LO??

BRASIL + INFRAERO + DILMA =

CAOS AEREO DURANTE COPA E OLIMPIADAS E TRISTEZA PARA OS FOTOGRAFORES DE AERONAVES DE CNF.

V.E.R.G.O.N.H.A.

Anônimo disse...

HAHAHAHAHAH
Essa INFRAERO é uma bosta mesmo.
Vamos perder o TERRAÇO?
Há muitos lugares para colocar a ADMINSTRAÇÃO.
Pelo amor de Deus.

Anônimo disse...

FOTOGRAFORES hahahah!! Essa foi voda!!!

mateus disse...

Pera la... pelo que eu vi a administração vai subir pro terraço sim, mas la tabem vai ter uma praça de alimentação...
tudo bem que não vai ser a mesma coisa, mas o terraço não vai ser de todo acabado!

Anônimo disse...

Gostaria de saber onde a infraero vai colocar os taxis, outra fator absurdo é a questão dos taxis clandestinos que todos os dias aparecem mais fazendo com que o trânsito no terminal de torne caótico durante os horários de maior movimento.

Mau Santos disse...

CADE A TAL REFORMA INFRAERO????

Cris (Meire) disse...

Não gostei da ideia de diminuir o espaço para observação de aeronaves. Um esperdício colocá-lo para o serviço de administração. Deveriam utilizar outras partes, e como já foi dito anteriormente, aproveitar mais aquele espaço com lanchonetes e lojas.

Winner disse...

Concordo Cris (Meire),o espaço de observação das aeronaves de CNF E muito bom!O De Guarulhos e uma Janelinha Minuscula,muito ruim!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcos Souza disse...

8,5 milhões num aeroporto internacional e em uma cidade que futuramente vai receber uma Embaixada Americana? ACORDA INFRAERO, CONSTRUÇÃO DO TERMINAL 2 DE CONFINS JÁ! É melhor construirem um novo do que gastar milhões em um já saturado! Que é o que vai acontecer quando a obra acabar. É o "jeitinho brasileiro" de resolver as coisas, na base do "improviso" ou do "temporário"! VERGONHOSO INFRAERO, VERGONHOSO.
Uma solução para Confins? PRIVATIZAÇÂO.